VIDEOCONFERÊNCIA: Fenaban concorda em apresentar proposta de protocolo mínimo contra a covid-19

16/04/2021
/
226 Visualizações

Na tarde de ontem (15), a mesa de negociação da Contec voltou a se reunir, por videoconferência, com a Fenaban, para debater sobre medidas para enfrentamento da segunda onda de covid-19. Participaram do encontro o presidente da Contec, Lourenço Ferreira do Prado; o diretor de relações trabalhistas da Fenaban, Adauto Duarte, além de dirigentes de sindicatos e federações. O Paraná participou através do presidente da Federação (Feeb-PR), Gladir Basso, além de presidentes e dirigentes dos sindicatos filiados e diretores da Feeb-PR.

Diante do quadro crítico da pandemia no País, o movimento sindical cobrou mais uma vez dos bancos que adotem medidas mais rigorosas de segurança para proteger a categoria. E a Fenaban concordou em apresentar uma proposta de protocolo mínimo a ser adotado em todo o País
O protocolo nacional mínimo é fundamental para a segurança dos trabalhadores neste momento de agravamento da pandemia e resulta também em maior transparência por parte dos bancos. Os bancos não adotam um protocolo único, e muitos nem informam aos sindicatos quais medidas estão adotando para proteger seus funcionários. Um protocolo mínimo, seguindo as recomendações da OMS, unificaria as ações e daria a transparência devida a esse processo que é da máxima importância hoje para a vida dos bancários e seus familiares.

VISITAS
Ainda na mesa de ontem, o movimento sindical voltou a cobrar dos bancos que suspendam as visitas a clientes neste momento. A Fenaban voltou a afirmar que os bancos estão orientando os gestores a não mandar os subordinados a visitas, mas os dirigentes sindicais reforçaram que isto não é suficiente, e que o ideal é que as visitas sejam suspensas na pandemia.

Os representantes dos trabalhadores também voltaram a cobrar reivindicações já apresentadas em mesas anteriores, conforme segue:

- Ampliação do home office;
- Adoção de rodízio nas agências (com equipes se alternando semanalmente no trabalho presencial);
- Instalação de painéis de acrílico para atendimento a clientes;
- Distribuição de máscaras N95 (PFF2) e de face shield;
- Campanha de vacinação contra a H1N1;
- Empenho da Fenaban na inclusão da categoria bancária como um dos grupos prioritários no plano nacional de vacinação contra a covid-19.

O movimento sindical reivindicou também a higienização semanal das agências, e a Fenaban respondeu que isso pode ser incluído na proposta de protocolo mínimo de segurança.

EMISSÃO DE CAT
Outra reivindicação foi a emissão de CAT (Comunicação de Acidente de Trabalho) aos bancários contaminados pelo coronavírus. Essa questão ficou de ser debatida na mesa temática de saúde.
Os representantes dos trabalhadores também reivindicaram que os bancos acompanhem e produzam relatórios sobre bancários que adoeceram de covid e apresentam sequelas da doença.




COMPARTILHE

NOTÍCIAS RELACIONADAS